FOTOGRAFIA com ARTE: Igreja Senhora da Oliveira, em Lisboa

02 de Maio de 2017

Muitos passam sem darem conta que no piso térreo de um edifício pombalino na baixa lisboeta se encontra uma pequena mas bela igreja.

A ermida foi fundada, segundo a mais aceitável das informações, em 1262 no reinado de D. Afonso III nas terras que tinham sido compradas por um rico mercador oriundo de Guimarães.

Situada em pleno coração do comércio e do trabalho, como o indica a rua dita dos Mercadores, a ermida foi sempre motivo de particular devoção e afeição do povo, o que levou, os mesários das diversas confrarias nela sediadas, uma vez que ficou arrasada pelo terramoto de 1755, a cuidar da sua rápida reconstrução e a entronizar no seu altar a histórica imagem da Padroeira.

A construção actual está integrada num prédio de rendimento urbano, na Rua de São Julião entre os nºs 140 e 142, e a sua traça deve-se, provavelmente, ao arquitecto Eugénio dos Santos, responsável pelo plano geral de urbanização da Baixa de Lisboa.

 

Texto e Fotografias: Jorge Maio