CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
sábado, 25 de Maio de 2019
Sustentabilidade

Castellana 77 no centro financeiro de Madrid é líder na eficiência energética

9 de Maio de 2019

O edifício Castellana 77, situado no centro financeiro de Madrid, que ao fim de duas décadas sem qualquer uso, deu agora início a uma nova vida graças ao atelier luis vidal +arquitectos, tornando-se líder em termos de eficiência energética.

No distrito AZCA, a torre construída em 1977 é hoje um edifício de escritórios com 62 metros de altura, que define o skyline na cidade de um modo muito especial. Com o processo de reabilitação concluído, o edifício é agora líder em termos de eficiência energética e em perfil ambiental, tendo recebido a prestigiada certificação LEED Platinium. Os produtos de alto desempenho da Guardian Glass usados na fachada contribuíram para conquistar a certificação LEED.

A forma inteligente no uso da luz natural e o desejo de criar uma forte identidade que destacasse o edifício, foram os dois pilares do projecto de arquitectura. Segundo o arquitecto Luis Vidal: “O objectivo foi modernizar o edifício, o que resultou num imóvel simultaneamente flexível e sustentável, criando ao mesmo tempo espaço comercial de qualidade com uma nova imagem incorporada no skyline de Madrid, uma cidade que respeita as suas raízes, mas que olha para o futuro”.

Isto foi conseguido com um processo de recuperação integral, essencialmente focado na nova fachada do edifício com uma modulação vertical acutilante que utiliza o vidro revestido Guardian SunGuard® SN 70/41, criando uma parede-cortina em vidro de elevada selectividade.

Com uma área total de 21,000m2, o trabalho da arquitectura e da construção incluiu também a reabilitação das instalações do Castellana 77, bem como a transformação dos seus 18 pisos acima do solo (16,261m2 no total), tornando mais flexível a distribuição dos espaços do piso térreo, passando a poder acomodar escritórios ou espaços comerciais. Os quatro pisos originalmente destinados a estacionamento foram também reabilitados, bem como um piso adicional para uso global do edifício. Nos cinco pisos subterrâneos foram assegurados 200 lugares de estacionamento.

Uma nova fachada

A construção das fachadas do Castellana 77 aconteceu em duas fases. Primeiro, o desmantelamento da fachada original, que estava completamente desactualizada e bastante desgastada. Depois, a montagem da nova fachada. Isto resultou em diferentes tipologias de fachada de acordo com a área do espaço e a sua orientação: uma fachada de muro-cortina; uma muro-cortina com palas de sombreamento, e uma fachada ventilada.

Outro elemento crucial do trabalho arquitetónico na Castellana 77 são as palas de sombreamento EFTE (Etileno Tetra-Fluoro-Etileno), concebidas especificamente para este projeto, com uma orientação e uma determinada curvatura que lhes permite flutuar ao longo do revestimento do edifício, dando-lhe uma forma única e distintintiva.

 

PUB
ARRENDAMENTO
Programa de Arrendamento Acessível entra em vigor a 1 de Julho
22 de Maio de 2019
PUB
PUB
PUB