Sintra: Palácio da Quinta do Relógio está à venda

01 de Março de 2016

Situado na Serra de Sintra e construído durante o reinado de D. Pedro V, o palácio da Quinta do Relógio está à venda por 7,5 milhões de euros.

O emblemático conjunto edificado — erguido em meados do XIX no reinado de D. Pedro V e fronteiro à famosa Quinta da Regaleira —, evidencia influências românticas e neo-árabes e goza de vista para o vale de Sintra, o Castelo dos Mouros e o Palácio da Pena.

Segundo reza a história, em 1886 o palácio acolheu a “lua-de-mel de D. Carlos de Bragança e D. Maria Amélia de Orleães, futuros reis de Portugal”.

O autor do projecto arquitectónico foi António Tomás da Fonseca (1822-1894), pintor e arquitecto, director da Real Academia de Belas Artes e do Museu de Belas Artes à data da sua criação.

Em 2010, a Câmara Municipal de Sintra, durante o consulado de Fernando Seara, manifestou interesse em adquirir a propriedade, mas a transação não chegou a bom termo dadas as dificuldades financeiras e de tesouraria da autarquia.

O palácio está agora à venda no Imovirtual, através da imobiliária Cashouse Cascais, por 7,5 milhões de euros.

Inserido numa propriedade de 2,16 hectares e com uma área de construção de 1.840 m2, o imóvel está rodeado de jardins e protegido pela UNESCO. A estrutura do seu núcleo foi recentemente restaurada e o seu interior encontra-se ainda em fase de obras. O palácio é constituído por sete quartos, cinco casas de banho, duas salas e uma sala de chá. A casa de campo possui dois quartos, uma sala, uma cozinha e uma casa de banho, existindo ainda uma casa de jardineiro.

A propriedade, que remete para o tempo da realeza, é um investimento para quem tiver oportunidade de a adquirir para uso privado ou hoteleiro.