Rota do Românico: imóveis históricos alvo de reabilitação

04 de Abril de 2015

Seis imóveis classificados afectos à Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN) iniciaram obras de conservação e reabilitação: no Vale do Sousa, o órgão da Igreja do antigo Mosteiro de Santa Maria de Pombeiro (Felgueiras), a Igreja de Santa Maria de Meinedo (Lousada) e a Igreja de São Pedro de Cete (Paredes); no Baixo Tâmega, o Castelo de Arnóia (Celorico de Basto), a Igreja de São João Batista de Gatão (Amarante) e o Memorial de Alpendurada (Marco de Canaveses).

Os imóveis integram o projecto 'Rota do Românico' e as intervenções resultaram de protocolo entre a Direção Regional de Cultura do Norte e as Associações de Municípios do Vale do Sousa e do Baixo Tâmega.

A 'Rota do Românico' é um projeto intermunicipal de valorização patrimonial que engloba 58 monumentos dos municípios de Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende.