Leiria: Convento de Stº António dos Capuchos vai ser hotel de 4*

12 de Fevereiro de 2019

É o 6.º concurso adjudicado pelo Programa REVIVE. Desta vez o concurso foi ganho por um agrupamento composto três empresários individuais. O investimento ascende a 4,5 M€.

O agrupamento vencedor da concessão é composto pelos empresários António Luís Sampaio de Almeida, Carlos Martins Oliveira e Paulo José Pereira de Sousa, que assinaram um contrato por 50 anos, recebendo o Estado uma renda anual pela concessão de 40.100 euros.

A proposta do agrupamento vencedor, a única apresentada a concurso, contempla a instalação de um hotel de 4 estrelas com 50 quartos, piscina e restaurante.

O Convento de Santo António dos Capuchos tem origem em 1657, com elementos arquitectónicos típicos dos conventos capuchinhos. Em 1770 foi alvo de obras de ampliação, altura em que foram acrescentados os corpos laterais e os portais barrocos. No século XIX foi alvo de novas obras de ampliação, que lhe conferiram a disposição actual, com o edificado em volta do claustro e do pátio.

Com a extinção das ordens religiosas, em 1834, o convento ficou na posse do Estado, que o transformou em hospital militar em 1864. Foi restaurado em 1904 e encontra-se devoluto há vários anos. A área a concessionar ao agrupamento vencedor do concurso abrange a totalidade do imóvel.

No âmbito do Programa REVIVE decorrem os concursos para a concecessão da Casa de Marrocos (Idanha-a-Nova), Mosteiro de Arouca, Convento de São Francisco (Portalegre), Quartel do Carmo (Horta, Açores), Convento do Carmo (Moura), Convento de Lorvão (Penacova), Quinta do Paço de Valverde (Évora), Castelo de Vila Nova de Cerveira e Quartel da Graça (Lisboa).