Nova escola na Madeira vai custar 6,4 milhões de euros

17 de Abril de 2018

A Sacyr-Somague ganhou o contrato para a construção da nova escola básica e secundária Padre Manuel Álvares na Ribeira Brava, Madeira, no valor de 6,4 milhões de euros.

Trata-se de uma obra levada a cabo pela Secretaria Regional dos Equipamentos e Infraestruturas do Governo Regional da Madeira. O projecto será realizado em duas fases que implicam a demolição dos edifícios da escola existente e posterior construção dos novos, mantendo a escola em funcionamento no período de cerca de ano e meio estimado para a conclusão da obra.

O novo equipamento terá um total de 7.791 m2 de área construída, desenvolvido em dois e três andares, para além de uma garagem semienterrada com capacidade para 40 veículos. A estrutura do edifício será de betão armado, fazendo parte do trabalho adjudicado a realização dos acabamentos e das instalações especiais.

O projeto inclui ainda a criação de áreas de jardim na zona circundante e de áreas verdes nos vários pátios externos da escola para garantir espaços de sombra.

Fernando Simões, Diretor de Desenvolvimento de Negócio da Sacyr-Somague, revela que "foi com enorme satisfação que a Sacyr-Somague recebeu a adjudicação do projecto de construção da nova Escola Básica e Secundária na Ribeira Brava. É sempre uma honra estarmos associados a equipamentos que representam a educação das gerações futuras, assim como de ter a possibilidade de dar continuidade à actividade da empresa na Ilha da Madeira, onde tem uma presença notável há várias décadas”.