CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
segunda-feira, 27 de Maio de 2019
Internacional
Londres-PicadillyCircus-fotoWikipedia Londres-PicadillyCircus-fotoWikipedia

Londres: há uma bolha imobiliária prestes a estourar ?

25 de Outubro de 2015

Os preços dos imóveis na capital britânica poderão em breve cair abruptamente. A afirmação pode parecer sensacionalista, mas quem a profere é o Deutsche Bank, na mais recente edição da sua publicação "Konzepts", em artigo do seu analista financeiro Sahil Mahtani.   

O economista acredita que "louco boom dos preços não pode continuar" e prevê que uma brusca inversão possa via a ocorrer a muito breve prazo, explicada pelo efeito combinado "de taxas de juros crescentes - o banco Inglaterra se ajustando ao mercado -  e à crescente politização dos problemas habitacionais".

O texto refere que, nos últimos anos, os preços aumentaram de forma sideral na capital britânica: "1 libra investida em imobiliário em 1990, vale agora cinco"!; Ou seja: o valor do imobiliário foi multiplicado por 5 (+ 400%), isto "é mais do que o dobro do desempenho do FTSE 100, o índice da Bolsa de Valores, que subiu apenas 166% em 25 anos - conclui.

O reputado economista lembra que os preços dos imóveis na "City" (a “prime zone” por excelência da capital britânica) diminuíram apenas 3 vezes ao longo dos últimos 60 anos: no início dos anos 80, com a recessão económica; em 1992, devido á crise cambial da libra e, em 2009, com o ‘crash’ financeiro na sequência crise do ‘suprime’ nos EUA.

O afluxo de grandes capitais ao Reino Unido, oriundos do Médio Oriente, da Ásia e de outras origens, têm levado a um desequilíbrio no mercado e, para o economista, a conclusão é fácil de retirar: oferta e procura não evoluíram ao mesmo ritmo, o que explica a espiral ascendente dos preços, impulsionada ainda pelo facto de os compradores estarem convencidos de que o mercado vai continuar em alta.

PUB
ARRENDAMENTO
Programa de Arrendamento Acessível entra em vigor a 1 de Julho
22 de Maio de 2019
PUB
PUB
PUB