Espanha: Plano de Habitação mobiliza 1.443 milhões de euros

13 de Março de 2018

O governo de Espanha anunciou o Plano Habitacional para o período 2018-2021 no qual vai aplicar 1.443 milhões de euros.

A esmagadora maioria daquele montante será gasto em ajudas aos mais jovens, à promoção de habitação para arrendamento e à reabilitação do edificado urbano e rural.

Segundo enfatiza a imprensa do país vizinho, o plano agora apresentado pelo Ministo do Fomento de Espanha, Iñigo Martínez de la Serna, é 62% superior ao plano quadrienal anterior.

Segundo refere o diário online especializado Ejeprime, “o projecto facilitará o acesso à habitação, tanto em regime de arrandamento como de compra aos cidadãos que apostem em viver em municipios con menos de 5.000 habitantes”, uma forma de combater a desertificação da população rural.

Entre as medidas anunciadas no Plano de Habitação, o Estado irá contribuir com até 20% do preço da casa a todos os jovens com menos de 35 anos cujos rendimentos não sejam superiores a três vezes o “Indicador Público de Renta de Efectos Públicos (Iprem)”,  o que significa que para poderem beneficiar da referida ajuda os jovens terão que ter rendimentos brutos anuais inferiores a 22.558 euros.