CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
terça-feira, 18 de Junho de 2019
ImoEmpreendedor

Hostmaker chega a Portugal para gerir alojamento local

7 de Maio de 2018

A startup inglesa Hostmaker, a primeira empresa de serviço completo de gestão de alojamento local criada com capital de risco, acaba de iniciar operações em Portugal.

A empresa promete oferecer aos proprietários uma gestão de qualidade hoteleira, sem qualquer preocupação. Após uma ronda de investimento de 15 milhões de dólares, a startup inaugurou na capital portuguesa um escritório com 15 colaboradores e planeia quadriplicar este número até ao final do ano.

Desde a sua fundação, em 2014, a Hostmaker já se expandiu para Barcelona, Roma, Paris, Florença, Cannes, Madrid e agora Lisboa. Entre os serviços que oferece contam-se a limpeza, check in e manutenção das casas, pela consultoria nas vendas e nas operações: têm uma equipa de design de interiores que optimiza os espaços, definem a estratégia de pricing e querem fazer o fit ideal entre a casa e os hóspedes. A ideia nasceu do empreendedor, Nakul Sharma, depois de ter notado que havia uma falha no mercado: quando ele próprio tentou disponibilizar a sua casa para alojamento local, teve dificuldade em encontrar alguém capaz de fazer toda a gestão do apartamento.

Para a directora geral da Hostmaker para Portugal, Inês Nobre, "o nosso principal objectivo é ajudar as pessoas a conseguirem uma melhor gestão da sua propriedade sem terem preocupações. Algumas vezes os proprietários acham que o ideal é ter uma taxa de ocupação de 100%, quando na realidade podem ter uma maior rentabilidade com uma taxa menor. Por outro lado, achamos necessário haver um match entre a casa e os hóspedes, de forma a minimizar qualquer incidente e promover boas relações de vizinhança”.

 A Hostmaker globalmente, factura mais de 12 milhões de euros e gere cerca de 1600 propriedades. Em Portugal, tem actualmente cerca de 100 contratos em Lisboa, linha de Cascais e Costa da Caparica, com uma perspectiva de crescimento de mais duzentos até ao final do ano. Têm planos também de contratar mais colaboradores: account managersbusiness developerspricingtech e operações.

PUB
ARRENDAMENTO
Porto: Câmara vai construir 170 fogos para classe média em Lordelo do Douro
11 de Junho de 2019
PUB
PUB
PUB