CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
terça-feira, 20 de outubro de 2020
Escritórios
Oferta de escritórios na Europa começa a escassear

Oferta de escritórios na Europa começa a escassear

18 de agosto de 2015

A taxa média de desocupação de escritórios na Europa atingiu o valor mais baixo desde início de 2009, situando-se agora nos 8,7, sobretudo em Londres, Dublin e algumas cidades alemãs.

De acordo com os dados do BNP Paribas Real Estate divulgados hoje pela Worx, first provider da entidade em Portugal,  esta descida representa em média uma diminuição de 5 p.p. a cada 3 meses.

Em 9 das 14 cidades analisadas, a taxa de desocupação é a mais baixa de sempre. Das restantes 5 cidades (Lisboa, Paris, Milão, Madrid e Viena), apenas a capital portuguesa apresenta uma diminuição dos espaços disponíveis.

Em relação ao take-up, o volume manteve-se idêntico ao de anos anteriores (acima dos 3,4 milhões de m²), destacando-se Lisboa como a cidade com uma maior evolução.

Devido à falta de grandes operações, cidades como Milão (-15%), Paris (-20%), Amesterdão (-35%) e Bruxelas apresentaram quedas nos seus níveis médios de take-up ao passo que Londres (+5%), as principais cidades Alemãs (+10%) e Dublin (+18%) ultrapassaram os seus níveis médios neste primeiro semestre.

"Tal como em Lisboa, também no resto da Europa a procura por escritórios modernos nas zonas mais centrais das cidades é, em geral maior que a oferta. Este desequilíbrio promove um aumento das rendas prime sendo Dublin a cidade com o aumento mais expressivo (22%) seguida de Londres (9%) que apresenta agora o valor mais alto de sempre.

A recuperação da economia europeia continua a fazer-se sentir. Até ao final de 2015 espera-se que o crescimento do PIB se inicie em países como França e Itália e se mantenha sólido no Reino Unido, Irlanda e Alemanha.

O mercado de trabalho começa a recuperar com valores ainda baixos uma vez que o crescimento do emprego não ultrapassará os 0,8% em 2015, refere o comunicado da Worx.

PUB
TURISMO
Primeiro hotel Andaz em Lisboa com abertura prevista em 2024
19 de outubro de 2020
PUB
ARRENDAMENTO
Rendas descem 11,1% em Lisboa no 3º trimestre mas em Setembro voltam a subir
16 de outubro de 2020
PUB
PUB
INTERNACIONAL
No norte de Espanha mais de metade dos jovens possui casa própria
19 de outubro de 2020
PUB